Atenção e cuidado com aqueles que amamos

Dicas de atenção e cuidado com aqueles que amamos. 

 

O mês de agosto presenteia-nos com uma data importante. No segundo domingo comemoramos o Dia dos Pais, uma data simbólica, porém repleta de significado. Celebramos o dia daquele que nos transmitiu seus conhecimentos, valores, experiências, ensinou-nos sobre a importância do cuidado e como cuidar. 

 

A atenção e vigilância com aqueles que amamos deve ser uma prioridade, cuidar de quem amamos não é uma obrigação, mas sim uma prova de amor e retribuição de carinho por tudo que fizeram e fazem por nós, muitas vezes renunciando aos seus próprios sonhos em prol dos sonhos de seus filhos. 

 

Alcançar a longevidade com qualidade de vida é, sem dúvida, um triunfo. O envelhecimento, antes considerado um fenômeno, hoje, faz parte da realidade da maioria das sociedades, nossos pais estão envelhecendo e para isso precisamos garantir todo o cuidado, para poderem ter qualidade de vida, bem-estar físico e mental. 

 

No atual cenário epidemiológico as inseguranças são muitas e não sabemos quando será possível abraçar nossos pais com segurança sem colocá-los em risco. Infelizmente muitos pais e filhos não terão o que comemorar neste segundo domingo de agosto, apenas poderão reviver lembranças de momentos eternizados nos corações e memória.  Aos que têm a dádiva de desfrutar da presença de seu pai, agradeça por esse momento, desfrute e viva intensamente, pois não sabemos quando a tempestade vai passar nem até quando os teremos por perto. 

 

Esse é um momento de reflexão, de sonharmos com dias melhores, como dia em que voltaremos a nos abraçar e sorrir.  

 

Para isso precisamos garantir que nossos pais tenham qualidade de vida, que possam desfrutar a sensação de prazer e bem-estar:   

 

  • Seja um filho(a) presente, mesmo que em época de home office (a internet nos aproxima de quem estamos distantes).  

 

  • Seja paciente. Escute suas histórias como se nunca as tivesse ouvido antes; além de sentir-se parte de um contexto, isso também demonstra respeito.  

 

  • Incentive a prática de exercício físico, e se possível exercite-se com eles.  

 

  • Proporcione uma alimentação saudável, consuma menos sal, açúcar e gordura, estimule hábitos de vida saudável.  

 

  • Minimize os riscos de acidente doméstico, retire tapetes, carpetes, brinquedos e outros objetos que possam ser obstáculos para aqueles que já têm saúde e visão comprometidas, instale apoiadores nos banheiros, evitando assim quedas durante o banho.   

 

  • Incentive vacinações, estas previnem doenças e evitam gravidade.  

 

  • Acompanhe-os em consultas de rotina. Seja parceiro(a). 

 

  • Desaconselhe a automedicação. O tratamento proposto é individualizado, baseado nas características pessoais de cada um.   

 

Dr. Luiz Fernando V. Custodio  

CRM 8685 - MT  

Clínico Geral